Vida. Quanto vale?
Vejam esta imagem. Agora...imaginem que a apanharam no final de um dia de fantástica pescaria, depois de acordarem às 3 da manhã e após 12 horas num barco. Imaginem, também, que estão naquele vai-vem mental, entre a vigília e o sono mais profundo. Mal conseguem pensar. Mal conseguem manter os olhos abertos. Eis que...num relance de lucidez, olham para trás, para o mar que vai ficando. Depois... num lento despertar, olham para o horizonte e absorvem os resquícios valiosos de uma luz solar que desaparece para mais tarde, reaparecer em todo o esplendor (o sol também dorme!). No final...olham mais para cima ainda. E vêem as gaivotas seguindo o barco, sem nunca o apanhar, servindo de mensageiras da luz. Absorvem todo este esplendoroso quadro. Constatam a revelação e pensam...Isto sim, isto é vida!

Quem não o viver, não o sabe e quem não o entender não vive. Quanto dinheiro é necessário para encontrar algo assim? Dá que pensar, não dá?

Boa vida a todos vós
Reacções:

0 comentários: