A Teologia do Capitalismo: da Fé do sistema à "Fezada" do Governo

Já antes havia escrito sobre isto: o facto de o nosso governo, ao apresentar as suas previsões, assentar a substância das mesmas, não na ciência, mas antes, tal como em qualquer religião, num acto de "fé"  de que a realidade, contra ventos e tempestades, será "milagrosa". Bem... Primeiro, há que dizê-lo: um governo tão reles como este, não sentirá, um sentimento tão profundo, como o que podemos caracterizar de "fé"; um governo como este, acredita mais numa "fezada". Era assim com Gaspar, é assim com a miss Swap, tudo se reporta a um desejo de "fezada". Eles tiveram a "fezada" de ser governo. Agora querem a "fezada" de parecerem governantes, quando não passam de simples charlatães. Este comportamento religioso é tipicamente capitalista, como o prova o Prf. Fernando Lopez Castellano da Univ. de Granada, Vejam a sua aula e tirem as vossas conclusões...



Reacções:

0 comentários: